Anuncie na revista impressa

Golpes previdenciários: A ciência da perícia grafotécnica no combate à fraude

Por A Fonte Magazine em 19/06/2024 às 17:28:57

Um indivíduo foi detido na última sexta-feira (7) acusado de se passar por advogado e enganar pessoas em situação de vulnerabilidade que buscavam assist√™ncia para se aposentar. A Polícia Civil de Goiânia informou que o suspeito se apoderou de documentos importantes das vítimas, persuadindo-as a abrir contas banc√°rias para o recebimento de benefícios previdenci√°rios inexistentes. Estima-se que o dano financeiro provocado pelo golpista gire em torno de R$ 1 milhão.

Dados recentes divulgados pelo governo brasileiro indicam um aumento preocupante de mais de 70% nos golpes contra idosos em 2023, comparado ao ano anterior. As estatísticas apontam para uma escalada de fraudes envolvendo assinaturas falsas e filiações indevidas.

Em um levantamento nacional, foram registradas cerca de 62 mil ações judiciais relacionadas a esses golpes. Um dos casos mais notórios envolve uma associação que viu seu número de filiados disparar de 38 mil para 650 mil em apenas um ano, resultando em um incremento exponencial na arrecadação mensal de R$ 1,8 milhão para R$ 30 milhões. A associação enfrenta agora mais de 4,7 mil processos judiciais por realizar filiações sem o consentimento dos aposentados.

"A perícia grafotécnica surge como uma ferramenta crucial neste caso, oferecendo suporte científico para a an√°lise das assinaturas em questão. Especialistas em grafotécnica são capazes de identificar falsificações por meio de técnicas avançadas que analisam a autenticidade da escrita manual. Com isso, espera-se que a perícia contribua significativamente para a elucidação dos crimes e para a condenação do impostor", explica o Dr. Prof. Gleibe Pretti da Jus Expert.

Investigações apontam que o falso advogado utilizava documentos e cheques das contas criadas para cometer mais fraudes. Ele emitia cheques sem fundos com assinaturas falsificadas e, ao ser confrontado pelas vítimas, respondia com ameaças.

A perícia grafotécnica é uma √°rea que se dedica ao estudo e verificação da autenticidade de escritas manuais, como assinaturas e manuscritos. Ela é frequentemente utilizada em casos de suspeita de fraude, onde é necess√°rio determinar se uma assinatura é genuína ou falsificada.

"Em casos como o mencionado, onde documentos e cheques são usados para cometer fraudes, a perícia grafotécnica pode fornecer evid√™ncias concretas que ajudam na identificação do fraudador e na comprovação da falsificação, sendo assim um elemento chave para a justiça penal", evidencia o professor

Os peritos grafotécnicos utilizam uma variedade de técnicas e ferramentas para examinar as características da escrita, incluindo a pressão do traço, a velocidade, o movimento, as pausas e os h√°bitos individuais de escrita. Eles também podem analisar a tinta e o papel para identificar possíveis alterações ou irregularidades.

Pretti finaliza: "Os golpes previdenci√°rios t√™m um impacto profundo na sociedade, afetando tanto as vítimas individuais quanto o sistema como um todo. Para as vítimas, h√° uma perda direta de recursos financeiros, o que pode ser devastador, especialmente para aqueles em situação de vulnerabilidade que dependem desses fundos para sua subsist√™ncia".

Economicamente, esses golpes podem levar a um aumento nos custos dos serviços previdenci√°rios devido às medidas adicionais de segurança e investigações necess√°rias para prevenir e detectar fraudes. Isso pode resultar em custos mais altos para os contribuintes e pode afetar a sustentabilidade do sistema previdenci√°rio.

Socialmente, esses crimes minam a confiança no sistema legal e nas instituições financeiras, podendo levar a uma sensação de injustiça e desconfiança entre a população. Além disso, o tempo e os recursos gastos pelas autoridades para lidar com esses crimes são desviados de outras √°reas importantes da segurança pública.

Comunicar erro

Coment√°rios